Enjoy Books

Tudo sobre livros, séries e estudos.

Resenha: Talvez você deva conversar com alguém: Uma terapeuta, o terapeuta dela e a vida de todos nós, da Lori Gottlieb

Foto por Ler com a Leh
Muita coisa pode acontecer no espaço de um passo. [...]Consigo fazer isso.Um passo depois do outro.Estou pronta, penso. Um passo depois do outro. Vou ficar bem. Só que não.
Título original: Maybe You Should Talk to Someone
Autora: Lori Gottlieb
Tradutor: Elisa Nasarian
Páginas: 465
Ano: 2020
Editora: Vestígio
Onde encontrar: Amazon
De modo geral, buscamos a ajuda de um terapeuta para melhor compreender as angústias, os medos, a culpa ou quaisquer outros sentimentos que nos causam desconforto e sofrimento. Mas quantos de nós já paramos para perguntar: o terapeuta está imune à gama de questões que ele auxilia seus pacientes a dirimir e superar, dia após dia? A autora best-seller e terapeuta Lori Gottlieb nos mostra que a resposta a essa pergunta traz revelações surpreendentes.
Quando ela se vê emocionalmente incapaz de gerenciar uma situação que perturba sua vida, uma amiga lhe faz uma sugestão: talvez você deva conversar com alguém.
Combinando histórias reunidas a partir de sua rica trajetória como terapeuta (distribuídas entre quatro personagens inesquecíveis) à sua própria experiência como paciente, Lori nos oferece um relato afetuoso, leve e comovente sobre a universalidade de nossas perguntas e ansiedades, e joga luz sobre o que há de mais misterioso em nós, afirmando nossa capacidade de mudar nossas vidas.
Uma jornada emocionante de autodescoberta, uma homenagem à natureza humana e um lembrete sobre a importância de sermos ouvidos, mas também de sabermos ouvir. Um livro sobre a importância dos encontros, dos afetos e da coragem de todos os que partimos para a aventura do autoconhecimento.

Talvez Você Deva Conversar com Alguém, é uma leitura leve e que te mostra como é passar por um momento de depressão e superar, passar também pela perda de um ente querido, e é claro, ver tudo isso dando apenas auxilio emocional e terapêutico. A obra é uma que trás relatos e memórias de Lori Gottlieb sobre sua vida e seu trabalho como terapeuta.

Na obra vamos conhecer Julie, que está morrendo de câncer. Toda semana, Julie vem à terapia para ajudá-la a aceitar sua morte. Desde o primeiro dia que soube do seu diagnostico até a sua morte, vamos acompanhar a luta de Julie.
Vamos acompanhar também John, um premiado roteirista de cinema que se acha melhor que todo mundo. Mas não pense que ele é um babaca sem coração. Com ele vamos conhecer o que uma perda pode fazer com um coração. Ele perde seu filho em um acidente de carro, e nos leva a chorar muito tentando superar essa enorme perda.

O ritmo do livro é bem fluído, e mesmo com as memórias dos personagens e os relatos da autora, vamos acompanhar a uma trama tocante que vai em alguns momentos nos fazer rir e chocar.
“Porque no final das contas, o amor vence. Lembre-se sempre daquelas garotas.”
Talvez Você Deva Conversar com Alguém é uma obra encantadora, que vai te fazer pensar sobre cada momento importante da sua vida, e te mostrar que você pode fazer o que mais sonha e deseja por você só tem essa vida e é o momento de correr atrás de realizar tudo o que deseja.
Mesmo sendo a maior parte da obra narrada pelo ponto de vista da autora, podemos sentir o que os personagens querem e mais anseiam naquele determinado momento. A autora tem uma escrita ótima e que me deixou sem folego em certos pontos da leitura.


Espero que tenham gostado da resenha, e me contem nos comentários se gostariam de saber mais sobre as obras da autora.

Beijoss, e até a próxima!!

Comentários

  1. Gente, que enredo forte! Acho que é bem provável que eu chore do começo ao fim e precise conversar com alguém depois... rs Amei a dica e já quero ler e sofrer.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Ainda não conhecia essa obra, mas por você falar que tem uma temática leve, fiquei curiosa, principalmente por parecer que é algo bem forte e até mesmo impactante, eu diria. E adoro essas reflexões que um livro pode nos proporcionar. Vou adicionar na minha listinha!

    ResponderExcluir
  3. Eu faço terapia por conta dos meus próprios problemas emocionais e minha ansiedade, por isso a verdade é que não sei se esse livro me faria bem ou mal. Não sei se ler sobre a dor desses personagens seria uma boa para mim, mas achei o livro tão interessante que considero dar uma chance um dia.

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia essa obra, mas achei interessante. Gosto de obas que são baseadas em fatos reais. Fiquei curiosa, depois vou dar uma olhada nela e ver se também gosto.

    ResponderExcluir

Postar um comentário