Resenha: Anne de Green Gables, de Lucy Maud Montgomery



"Tive momentos esplêndidos”, concluiu ela com alegria, “e sinto que isso marca uma época da minha vida. Mas o melhor de tudo é voltar para casa.
Autora: Lucy Maud Montgomery 
Titulo original: Anne of Green Gables
Ano: 2019
Editora: Autêntica
Páginas: 320
Onde encontrar: Amazon
Quando os irmãos Marilla e Matthew Cuthbert, de Green Gables, na Prince Edward Island, no Canadá, decidem adotar um órfão para ajudá-los nos trabalhos da fazenda, não estão preparados para o "erro" que mudará suas vidas: Anne Shirley, uma menina ruiva de 11 anos, acaba sendo enviada, por engano, pelo orfanato.
Apesar do acontecimento inesperado, a natureza expansiva, sempre de bem com a vida, a curiosidade, a imaginação peculiar e a tagarelice da menina conquistam rapidamente os relutantes pais adotivos. O espírito combativo e questionador de Anne logo atrai o interesse das pessoas do lugar – e muitos problemas também.
No entanto, Anne era uma espécie de Pollyanna, e sua capacidade de ver sempre o lado bonito e positivo de tudo, seu amor pela vida, pela natureza, pelos livros conquista a todos, e ela acaba sendo "adotada" também pela comunidade.

Se é para imaginar, então que seja alguma coisa que valha a pena
O livro Anne de Green Gables começa contando a história de como os irmãos Marilla e Matthew Cuthbert estão surpresos ao descobrir que veio uma menina, sendo que eles queriam adotar um menino para ajudar nos afazeres da fazenda Green Gables. Anne Shirley é uma jovem orfã de 11 anos que mesmo com pouca idade, não se deixa abater por nada. Fazendo amigos por onde passa, Anne ganhou não só os corações dos pais adotivos, mas também fez amigos na vila como a Daiana. Vamos acompanhar a rotina dela e como ela tenta se adaptar a sua nova vida.

Quando comecei a ler Anne, não imaginei que aquela jovem de imaginação super fértil, me faria mudar de opinião sobre a vida e o modo de ver as coisas a minha volta. Além de viver a vida sempre vendo o lado bom das coisas, Anne gosta de ser positiva até mesmo nos momentos mais difíceis. 
Não sei o que há depois da curva, mas vou acreditar que é algo melhor.

Anne de Green Gables é o primeiro livro clássico que leio, assim que tive contato com a história de Anne - uma jovem orfã que está muito a frente do seu tempo. Percebi que esse não seria o meu último livro lendo sobre ela. A obra é narrada em terceira pessoa, e conta com uma diagramação perfeita que não prejudica em nada a leitura. A editora Autentica está com os direitos autorais das obras, e se tudo der certo vai publicar todos os 7 livros da série.
Aprendi com minha experiência que quase sempre a gente pode gostar das coisas, se decidir firmemente que vai ser assim
Publicada pela primeira vez em 1908, esta história deliciosa, que ilustra valores fundamentais como a ética, a solidariedade, a honestidade e a importância do trabalho e da amizade, teve numerosas edições, já tendo vendido mais de 50 milhões de cópias em todo o mundo. Foi traduzida para mais de 20 idiomas e adaptada para o teatro e o cinema.

Mais recentemente, inspirou também a série Anne com E, já com duas temporadas na Netflix.
Em breve faço um Book Review das edições publicadas pela editora Autêntica. Além da capa eles capricharam nas ilustrações e diagramação.

Dei o melhor de mim, e agora estou começando a entender o que querem dizer quando falam que "a alegria está na luta". Depois de lutar e vencer, a melhor coisa que vem é lutar e perder

Espero que tenham gostado da resenha, e me contém nos comentários se já leram o livro ou pelo menos viram a adaptação que está disponível na Netflix.

Beijoss, e até a próxima!!

Comentários

  1. Oii!

    acho que 8 a cada 10 pessoas já me indicaram a série, mas eu ainda não tive tempo de assistir. Tenho muita curiosidade, lembro que demorei para saber que era inspirado em livros e fiquei feliz em saber que estão no brasil, acho que vai ser mais fácil eu ler do que ver a adaptação, rs.

    gostei da resenha e das fotos!

    Beijinhos,
    Ani
    www.entrechocolatesemusicas.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá, como vão as coisas?

    Acho essas edições muito lindas! Sempre vejo o pessoal exaltando tanto os livros quanto a série da Netflix e confesso que sou doido para assistir, mas acho que vou ler os livros primeiro, então, estou só esperando uma oportunidade para conhecer a história e depois assistir à adaptação. Adorei sua resenha e as fotos, ficaram lindas demais.

    Abraços!
    www.acampamentodaleitura.com

    ResponderExcluir
  3. Sou a exceção da exceção porque a série de Tv não funcionou pra mim, mas acho que a experiência pode ser melhor com os livros. Já quero ler!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. vejo coisas boas sobre esse livro, eu mesmo estava de ler, sua resenha me encantou bastante, mas qdo li 7 livros da serie, me desanimou muito...Nao sei vou dar a chance ou nao....

    Brubs
    https://quemevcbrubs.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem? Só tenho vistos elogios tanto para a série quanto para os livros, o que tem me deixado extremamente curiosa em tentar lê-lo. Sua resenha me deixou ainda mais curiosa, até porque a temática me interessante bastante. Dica super anotada e já quero saber mais sobre as edições da Gutenberg. Adorei!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Essas edições da Gutenberg estão lindíssimas! Ainda não tive a chance de ler a obra Anne, porém tenho a primeira edição. A série é uma das minhas preferidas e confesso que tenho receio de ler e acabar não me identificando com o que já conheço. De qualquer forma, pretendo dar uma chance em breve.

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Ainda não li o livro e não assisti a série também, acho que seja por tanta pessoas falarem para ler e só ter boas indicações. Mas estou curiosa por saber mais da personagem e sua imaginação fértil, e quais as encrencas que ela entra kkk. Parabéns pela resenha, obrigado pela dica, bjs!

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?
    Confesso que quando saiu a série eu não fazia ideia de que era uma adaptação e confesso que não me interessei muito. Mas de lá para cá tenho visto tantos elogios para a série e para os livros, que foi impossível não ficar curiosa. Parece ser uma história encantadora e cheia de lições muito bonitas e importantes. Eu amei essa edição da Autêntica e já está na minha lista de desejados, espero conseguir comprar em breve.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oi! Nunca vi a série, nem mesmo li aos livros, então eu nunca tinha nem mesmo lido a sinopse! Eu amei demais e queria dizer que as vezes é mesmo estranho ver que acabamos aprendendo com personagens que tem 11 anos e tem atitudes que as mesmas deveriam ter com essa idade haha! Eu fiquei super curioso. A série estava na minha lista, mas quero muito ler antes 🥰

    ResponderExcluir
  10. Gostei demais de ter lido essa obra, fiquei apaixonado pelos personagens e pelo enredo que esse livro tem. é uma história incrível e muito comovente. Recomendo para todos.

    ResponderExcluir
  11. Oi Alice, tudo bem?
    Eu tenho uma grande curiosidade com essa leitura, porque tem uma pegada bem "Poliana", cuja novela do SBT que foi inspirada (não foi bem uma adaptação) a minha mãe acompanhou nos últimos dois anos. Mas eu gosto muito da proposta do livro e o cabelo vermelho da personagem é MUITO igual ao da minha protagonista, a Concetta. *O*/
    Um beijo de fogo e gelo da Lady Trotsky...
    http://www.osvampirosportenhos.com.br

    ResponderExcluir

Postar um comentário