Enjoy Books

Tudo sobre livros, séries e estudos.

Finalmente o livro "Quem é Você, Alasca?" saiu do papel!

Atores: Kristine Froseth e Charlie Plummer

A neve pode estar caindo sobre o inverno da minha desesperança, mas pelo menos não me faltará o sarcasmo.

Oi oi gente!!

Foram divulgado as primeiras imagens da série "Quem É Você, Alasca?", que é baseada na obra de John Green. O autor já teve outras duas obras adaptadas para as telinhas: A Culpa é das Estrelas e Cidades de Papel.

A obra conta a história de Miles Halter estava em busca de um Grande Talvez. Alasca Young queria descobrir como sair do labirinto. Suas vidas colidiram na Escola Culver Creek, e nada nunca mais foi o mesmo.

Miles Halter levava uma vidinha sem graça e sem muitas emoções (ou amizades) na Flórida. Ele tinha um gosto peculiar: memorizar as últimas palavras de grandes personalidades da história. Uma dessas personalidades, François Rabelais, um poeta do século XV, disse no leito de morte que ia “em busca de um Grande Talvez”. Para não ter que esperar a morte para encontrar seu Grande Talvez, Miles decide fazer as malas e partir. Ele vai para a Escola Culver Creek, um internato no ensolarado Alabama. 

Lá, ele conhece Alasca Young. Ela tem em seu livro preferido, O general em seu labirinto , de Gabriel García Márquez, a pergunta para a qual busca incessantemente uma resposta: “Como vou sair desse labirinto?” Inteligente, engraçada, louca e incrivelmente sexy, Alasca vai arrastar Miles para seu labirinto e catapultá-lo sem misericórdia na direção do Grande Talvez. Miles se apaixona por Alasca, mesmo sem entendê-la, mesmo tentando sem sucesso decifrar o enigma de seus olhos verde-esmeralda.

5 Lançamentos que estou louca pra ler

Oi oi gente!!

Quem nunca comprou um livro e leu apenas três capítulos do livro que ate pouco e colocou ele de volta na estante, ou leu o primeiro livro de uma trilogia, mas nunca deu continuidade?

Esse post é sobre 5 livros que quero comprar assim que lançar, mas por conta de amenidades do curso ou da vida, pretendo deixar para a Black Friday. Não é a minha Wish List oficial, mas vale a pena da uma olhada em cada lançamento.

Quotes: Um Sedutor Sem Coração, da Lisa Kleypas


Às vezes é preciso amar algo antes que ele se torne digno de amor.

Oi oi gente!!

Para abrir com chave de ouro a série Os Ravenels, da autora Lisa Kleypas. A editora Arqueiro publicou Um Sedutor Sem Coração, para conquistar os leitores com o jeito doce da Katherin e o charme e toda a sedução de Devon. 

Conheço muitos fatos científicos sobre o coração humano, e um deles é que é muito mais fácil fazer um coração parar de bater em definitivo do que evitar amar a pessoa errada.

Resenha: Aurora Rising, de Amie Kaufman e Jay Kristoff


[…] Somos a Aurora Legion. Nós não nos curvamos aos tiranos, e não recuamos de uma briga.
Autores: Amie Kaufman e Jay Kristoff 
Série: Aurora Cycle #1
Ano: 2019
Páginas: 472 
Editora: Knopf Books for Young Readers
Onde encontrar: Amazon  |  Skoob
O ano é 2380, e os cadetes graduados da Aurora Academy estão recebendo suas primeiras missões. O pupilo da estrela, Tyler Jones, está pronto para recrutar o esquadrão de seus sonhos, mas o seu próprio heroísmo o prende com os resíduos que ninguém mais na academia tocaria...Um diplomata convencido com uma faixa preta em sarcasmo. Um cientista sociopata com uma predileção por atirar em seus companheiros. Um inteligente especialista em tecnologia com o maior chip da galáxia em seu ombro. Um guerreiro alienígena com problemas de gerenciamento de raiva. Um piloto de moleque que não gosta dele, caso você esteja se perguntando. E o esquadrão de Ty nem é o maior problema dele – esta poderia ser Aurora Jie-Lin O'Malley, a garota que ele acabou de resgatar do espaço interdimensional. Presa em crio-sono por dois séculos, Auri é uma garota fora do tempo e fora de sua profundidade. Mas ela poderia ser o catalisador que inicia uma guerra milhões de anos em formação, e o esquadrão de perdedores, os casos de disciplina e desajustados de Tyler poderiam ser a última esperança para toda a galáxia. NINGUÉM ENTRA EM PÂNICO...

Resenha: A Contrapartida, de Uranio Bonoldi


Oi oi gente!!

A resenha de hoje é de um thriller nacional que vai te deixar maravilhada, com personagens fortes que o autor criou e envolveu. E não posso deixar de mencionar que essa capa reflete muito a história do personagem principal.


Autor: Uranio Bonoldi
Paginas: 336
Ano: 2019
Editora: Valentina
Onde encontrar: Amazon
"O que poucas pessoas têm em mente é que Cultura, no sentido mais amplo da palavra, não se restringe apenas ao entretenimento. O objetivo maior e primeiro da Cultura é nos transformar em pessoas melhores, agregando novos conhecimentos e percepções sobre nós mesmos, os outros e o entorno em que vivemos – é isso que A Contrapartida faz. A sua leitura nos proporciona uma série de profundas e valiosas reflexões sem, contudo, deixar o entretenimento e o suspense de lado. Com relação ao suspense, gostaria de fazer uma breve analogia com o mundo do cinema para ser mais claro em minha exposição. Um bom thriller é aquele que nos causa ansiedade para ver a próxima cena e nele os acontecimentos não são óbvios e declarados. Enfim, é o que aconteceu comigo quando li A Contrapartida – eu queria saber o que estava para acontecer na próxima página, de modo a poder ligar os fatos apresentados no livro e ter as respostas às perguntas que a leitura indiretamente me fazia. Inevitavelmente, a leitura do livro me remeteu à Hollywood. Quando nos referimos a thrillers, logo vem à mente o nome de Alfred Hitchcock, cuja genialidade se encontrava em entender profundamente a psiquê do ser humano e em criar um estado emocional tão intenso no público, que seus filmes se transformavam imediatamente em sucesso. Essa mesma genialidade foi reproduzida aqui neste livro. O autor conseguiu criar caminhos mentais de condução de nós, leitores, em um mundo imaginativo de suspense e mistério dignos de um grande blockbuster.” Lion Andreassa – produtor e diretor de cinema da Lumix Art Films

Resenha: Sangue Frio, de Robert Bryndza | Detetive Erika Foster #5





Erika Foster está pronta para desvendar mais um crime que irá congelar o seu sangue.

Série: Detetive Erika Foster #5
Autor: Robert Bryndza
Páginas: 320
Ano: 2019
Editora: Gutenberg
Onde encontrar: Skoob  
A detetive Erika Foster fica espantada quando uma mala contendo o corpo desmembrado de um homem aparece na margem do rio Tâmisa. Mas não é a primeira vez que ela vê um assassinato tão brutal. Duas semanas antes, o corpo de uma jovem havia sido encontrado em uma mala idêntica.
Quando Erika e sua equipe começam a trabalhar, logo percebem que estão seguindo o rastro de um serial killer. O número de corpos aumenta, e o caso fica ainda mais grave quando as filhas gêmeas do Comandante Marsh, colega de Erika, são sequestradas. Será que Erika conseguirá salvar a vida de duas crianças inocentes? O tempo dela está se esgotando, e ela está prestes a fazer uma descoberta perturbadora.

Vamos falar de Steampunk?


Oi oi gente!!

Bom, o assunto de hoje é sobre o gênero Steampunk. Que nada mais é uma mistura louca de ficção cientifica e fantasia, e tudo de forma clássica e romântica. Então, o mistério desse gênero é que são ambientadas no passado. São versões alternativas do nosso passado, por assim dizer. Onde a tecnologia desenvolveu mais rápido do que a realidade. Só pra você ter uma noção do que estou falando, quero citar a história de A Bussola de Ouro, onde haviam deriveis, carros e toda a tecnologia possível. Mas também havia criaturas magicas, como animais falantes, fadas/bruxas e claro um mundo alternativo.


Lançamento de Destinos Quebrados, da Sofia Silva


Há amores que nunca terminam.

Titulo: Destinos Quebrados
Autora: Sofia Silva
Ano: 2019
Paginas: 248
Editora: Valentina
Após um final de relacionamento amargo, sofrido, Rafaela e Leonardo seguiram assuas vidas. Ela no Brasil e ele em Portugal.Embora renomados profissionais, ambos continuam presos a um passado que osatormenta. A questões que ficaram sem resposta.Dez anos depois, são forçados a um reencontro doloroso sem imaginarem que essemomento trará consigo segredos que ficaram enterrados. E, talvez, alguns devessempermanecer por lá.
Há um tempo você disse que todos temos o direito de quebrar, mas se esqueceu de dizer que poucos nos ajudam a colar os cacos que ficam soltos dentro de nós.

back to top