Tag: Top 3 de 2017

Fonte: Pinterest

Oi oi gente!

Essa tag é a última do ano, e como vocês em breve vão descobrir é conhecida como os Melhores de 2017. Porém, além de livros, vou citar também séries e filmes. Eu vi essa tag no instagram da Julianne Vituri, e foi quando percebi que tinha que responder ela aqui também.

Top 3 Livros de 2017


Com toda certeza o primeiro livro da lista é Codinome Pandora, da T. J. Diniz. Eu já resenhei ele AQUI, e também fiz um Book Review para vocês terem uma noção de como é o livro por dentro e também para saberem o quanto eu gosto desse livro!


O segundo livro da lista é nada menos que um livro da Nicola Yoon. Essa querida autora também já resenhou esse livro, e por pouco quase tinha me esquecido dele. A resenha desse livro O Sol Também é Uma Estrela está disponível AQUI, e se não me engano eu também fiz um Book Review dele (só não achei o link).

Fonte: Leitora Cretina
O Ar Que Ele Respira foi um dos livros que eu li e não resenhei aqui no blog. Eu fiz muito isso, li livros como Tartarugas até lá em baixo ou Eleanor & Park, mas como sempre acabei protelando e não resenhei. Isso vai mudar em 2018, prometo!

Bom, como podem ver não citei nem a metade dos meus livros favoritos. Como o livro do Ique carvalho — Trago Seu Amor de Volta Sem Pedir Nada em Troca, e o livro Romance em San Marino, que foi uma leitura incrível. Não posso esquecer do livro da Juliana Bizatto — Lúxuria: Herança das Sombras que foi um dos livros que eu mais queria ler em 2017.



Top 3 Filmes de 2017


O filme Liga da Justiça, foi um dos melhores filmes vistos por está autora. Ainda estou me recuperando da loucura que foi essa adaptação. Mas com toda certeza eu agostei mais de assistir ele, do que os outros.

Já com o filme Kingsman: O Círculo Dourado, eu assisti esse filme com a mamis, e até gostei da história. Porém, eu não entendi muito de tantas mortes... tinha personagens nesse filme que eu gostava, e que acabaram morrendo. Me deixando órfã durante o filme...

No inicio da seleção de filmes eu disse aqui nesse post que Liga da Justiça foi o melhor filme de 2017, mas peço que me desculpem. Eu quis dizer que Guardiões da Galáxia Vol.2, foi o MELHOR de TODOS. Eu super recomendo você assistir ele. Na minha opinião, o filme responde muitas perguntas que eu nem tinha percebido que aparecia no primeiro filme.

Acabei não citando que It- a coisa foi uma obra maravilhosa que eu só tive coragem de ver uma vez. E que finalmente assisti o filme Perfeita É A Mãe, que acabei rindo horrores com aquela história de três mães.

Top 3 Séries de 2017


Na seleção de séries, vou tentar ser mais rápida e não enrolar muito. Bom, eu terminei todas as temporadas disponíveis na Netflix de I Zombie. Assisti muito a segunda temporada de Riverdale, estava melhor que a primeira temporada. E também amei ver que a segunda temporada de Stranger Things, estava mesmo boa como todos disseram.

É claro que eu deixei muito série e filme de fora da lista, eu adorei ver The gifted, 13 reasonsGOT e Grimm (que é a série que estou assistindo atualmente).


Espero que tenham gostado da última tag do ano.

Beijoss e Boas Festas!

Resenha: Um Beijo à Meia-Noite, da Eloisa James ~ Contos de Fadas 2


Oi oi gente!!


A resenha de hoje é sobre um livro que é uma releitura da Cinderela. O segundo livro da série Contos de Fadas, da autora Eloisa James. O livro foi publicado aqui no Brasil pela Editora Arqueiro. E todos os livros da série podem ser lido separadamente ou na ordem que quiserem, pois são histórias diferentes.

Autora: Eloisa James
Série: Contos de Fadas #2
Páginas: 318
Editora: Arqueiro
Ano: 2017
Onde encontrar: Skoob  |  Amazon  |  Goodreads
Kate Daltry é uma jovem de 23 anos que não costuma frequentar os salões da alta sociedade. Desde a morte do pai, sete anos antes, ela se vê praticamente presa à propriedade da família, atendendo aos caprichos da madrasta, Mariana. Por isso, quando a detestável mulher a obriga a comparecer a um baile, Kate fica revoltada, mas acaba obedecendo. Lá, conhece o sedutor Gabriel, um príncipe irresistível. E irritante. A atração entre eles é imediata e fulminante, mas ambos sabem que um relacionamento é impossível. Afinal, Gabriel já está prometido a outra mulher – uma princesa! – e precisa com urgência do dote milionário para sustentar o castelo. Ele deveria se empenhar em cortejar sua futura esposa, não Kate, a inteligente e intempestiva mocinha que se recusa a bajulá-lo o tempo todo. No entanto, Gabriel não consegue disfarçar o enorme desejo que sente por ela. Determinado a tê-la para si, o príncipe precisará decidir, de uma vez por todas, quem reinará em seu castelo. 

O livro começa contando a história de Katherine Daltry, que após o falecimento do Pai, acaba vivendo com a madrasta  Mariana e sua filha chamada Victoria

Já tenho idade suficiente para saber que a vida não nos dá o que desejamos.

Agora com 23 anos, Kate está órfã e já se acostumou com a sua rotina de empregada na mansão. Depois de viver tanto tempo longe da sociedade — principalmente dos bailes e festas. Ela acabou perdendo o tempo de debutar, e também não aprendeu tudo sobre etiqueta.

Victoria Daltry é a meia-irmã de Kate e uma jovem maravilhosa, que recentemente arranjou um pretendente para se casar, o jovem Algernon Bennet. Porém, o seu amado precisa de aprovação/benção do tio para se casar, o Príncipe Gabriel. Quando Victoria está preste a se encontrar com o Príncipe, ela acaba se machucando e fica impossibilitada de ir ao encontro dele, e é quando a Mariana ordena que Kate se passe pela irmã, para que o príncipe aprove o casamento. 

Agora, uma nova forma de humilhação: ser vestida como cordeiro quando se sentia um patinho feio. Ela ia superar

Gabriel Augustus-frederick William Von Aschenberg of Warl-marburg-baalsfed (sim, esse é o nome do bendito príncipe) é um príncipe nada comum. Ele está preste a apresentar a sua nova noiva, a Princesa Tatiana, quando conhece a noiva do seu sobrinho, Victoria — Kate — e acaba sentindo uma atração muito forte por ela. 

O que ninguém esperava era que esse encontro acabaria destruindo todos os planos. Pois, Gabriel precisa se casar com a Princesa Russa, para ajudar (com o dote da moça) as despesas do seu Castelo. E Kate precisa ajudar a sua irmã na aprovação de Gabriel, com o casamento.

E ela estava gritando com ele é claro. Ninguém jamais gritara com ele. Ninguém exceto Kate... e isso acontecia porque ela era de outra classe, não sabia que nunca se deveria repreender um príncipe.


Após esse encontro é que a história começa. Com um toque de drama, romance e comédia, vamos acompanhar a relação quase proibida de Kate e Gabriel.

Eu não posso entrar em detalhes, porque você já deve saber o que vem a seguir... muita confusão!

Os personagens principais foram muito bem construídos e bem desenvolvidos. Kate tem uma personalidade forte e fala o que pensa, diferente de sua meia-irmã Victoria que é gentil e foi muito bem educada, para se comportar em determinados ambientes na sociedade. Já os personagens secundários, deram um toque de leveza ao enredo. Gostei muito do meio-irmão de Gabriel, Wick. E da fada madrinha de Kate, Henry

A capa é linda, com um sapatinho de cristal para deixar bem claro sobre qual conto de fadas estamos falando. A diagramação também está perfeita, mesmo eu efetuando a leitura pelo kindle, não achei nada de erros que prejudicasse a minha leitura.

Um beijo à meia-noite é um conto de fadas inspirado na história de Cinderela. Com um estilo que combina graça, encanto e sedução, Eloisa James escreve uma narrativa envolvente, com direito a fada madrinha e sapatinho de cristal. Tenho certeza que se você ama Romance de Época e Contos de Fadas, vai adorar conhecer mais essa história.

Espero que tenham gostado da resenha, pois essa foi a minha penúltima leitura do ano.

Beijoss e Boas Festas!

Resenha: O Resgate, do Nicholas Sparks.



Oi gente, fim de ano tá bem perto e vim aqui deixar minha indicação pra você que quer começar o ano com uma leitura bem leve, e linda de se ler.


Autor(a): Nicholas Sparks
Editora: Arqueiro
Página: 320
Onde encontrar: Saraiva
Confrontado com situações de extremo perigo, Taylor McAden, bombeiro voluntário, expõe-se até ao limiar do perigo. Denise é uma jovem mãe solteira, cujo filho de cinco anos sofre de um inexplicável atraso de desenvolvimento e a quem ela devota a sua vida numa tentativa de o ajudar. Mas o caso vai aproximar estes seres. Numa noite de tremendo temporal, Denise sofre um acidente de automóvel e é Taylor quem vem socorrê-la. Embora muito ferida, a jovem depressa toma consciência de que o filho já não se encontra na sua cadeirinha do banco traseiro. Taylor irá até ao fim de uma angustiante noite de buscas para o encontrar. Foram tecidas as primeiras malhas que os irão unir - o pequeno Kyle desabrocha ao calor da ternura daquele homem. Denise abandona-se à alegria de um amor nascente. Mas Taylor tem em si cicatrizes antigas, que o não deixam manter compromissos de longa duração. Nicholas Sparks, esse talentoso contador de histórias, intervém com a sua magia redentora e a sua inigualável capacidade de aprofundar a complexidade das relações e dos afetos.


Bom, o início do livro é bem lento mas com um final lindo. Se não for assim não é Sparks né? Eu amo os livros dele. Muita gente tava falando desse livro nos últimos tempos ( no meu ig o que eu mais via) que não é um dos melhores, que era chato, ruim. Bla bla bla. E estou aqui pra falar super bem dele. Eu amei amei amei!!

O livro fala sobre um voluntário do Corpo de Bombeiros ( o Taylor) da pequena cidade de edenton. Ele sempre gosta de desafiar a morte sem medo mas o que não tem coragem de fazer era entregar o seu coração.
Numa noite da Tempestade enquanto ele sinalizar postes de energia encontrou um carro batido na beira da estrada;  assim que recobra os sentidos Denise, a motorista, pergunta pelo filho mas kyle, o menino de 4 anos tem problemas na audição e na fala e ele não estava na sua cadeira no carro. 

Pelo nome do livro eu pensei que o livro inteiro era sobre a busca pelo filho de Denise mas não, nos primeiros capítulos o filho dela é encontrado e com isso a história vai seguindo um pequeno romance... com fatos do passado do pai vindo a tona,  Taylor graças a Denise consegue superar. É um livro muito fofinho que não cheguei a derramar lágrimas mas  me fez suspirar hahaha. 

Super indico a você que quer suspirar também.

Resenha: Mulher-Maravilha: Sementes da Guerra, da Leigh Bardugo ~ Lendas da DC #1

Oi oi gente!

A resenha de hoje é do livro Mulher Maravilha: Sementes da Guerra. Que é o lançamento mais recente da Editora Arqueiro, e para quem não sabe é o primeiro livro da série "Lendas da DC". Eu fiz um post AQUI no blog, falando sobre essa série e liberando as capas e sinopses dos próximos livros.


Autora: Leigh Bardugo

Páginas: 400
Editora: Arqueiro
Ano: 2017
Onde encontrar: Amazon  |  Skoob  |  Saraiva
Antes de se tornar a Mulher-Maravilha, ela era apenas Diana. Filha da deusa Hipólita, Diana deseja apenas se provar entre suas irmãs guerreiras. Mas quando a oportunidade finalmente chega, ela joga fora sua chance de glória ao quebrar uma lei das amazonas e salvar Alia Keralis, uma simples mortal. No entanto, Alia está longe de ser uma garota comum. Ela é uma semente da guerra, descendente da infame Helena de Troia, destinada a trazer uma era de derramamento de sangue e miséria. Agora cabe a Diana salvar todos e dar seu primeiro passo como a maior heroína que o mundo já conheceu.

O livro vai nos contar a história de Diana Prince — ainda muito jovem antes de se tornar a Mulher-Maravilha. Bom, Diana está à procura de seu lugar em Temiscira (ilha onde as Amazonas vivem), pois, ela é filha da deusa Hipólita, rainha das amazonas. O que a torna diferente das outras amazonas, que são descendentes das outras guerreiras, que morreram em batalhas e logo depois nasceram em Temiscira, diferente de Diana que é filha da rainha e nasceu da lama.

Para provar o seu devido valor, Diana tenta sempre ser igual e até melhor que as outras guerreiras.


Amazona. Nascida da guerra, destinada a ser governada por ninguém além de si mesma.

Enquanto Diana participa de uma torneio com as amazonas, ela avista um navio que havia acabado de explodir, e que aparentemente tinha sobreviventes...
Então, para salvar as pessoas do acidente ela acaba abandonando o torneio. Chegando no local ela encontra uma menina, e para salvá-la Diana leva ela para a ilha. O que você caro leitor não pode perceber, é que uma das leis das Amazonas, é não levar um mortal para a ilha

Essa criança que Diana salvou, se chama Alia. E logo depois o oráculo da ilha revela a Diana que ela é descendente de Helena de Tróia, ou seja, é uma Semente da Guerra. O destino de Alia é sempre trazer destruição, caos e sofrimento, e isso não vai mudar mesmo se ela estiver em Tesmicira.

Enquanto Alia estiver na ilha, ela acaba trazendo sofrimento a todos, e isso também acontece aos humanos. O único jeito de acabar com a maldição é matando Alia, mas é claro que Diana não faz isso, e foi o que a fez fugir da ilha junto com a menina, para descobrir como se quebra essa maldição.


A  minha vida inteira... a minha vida inteira eu ouvi os outros se perguntarem se eu tinha o direito de ter nascido. Talvez eu não tivesse esse direito. Talvez nem eu nem você devêssemos existir, mas estamos aqui. A gente tem esta chance, e talvez isso não seja coincidência. Talvez tenhamos sido as escolhidas para interromper este ciclo. Juntas.

Toda a história é contada após algum tempo. A aventura que Alia e Diana enfrentam para mudar o destino de cada uma é grande. A muitos segredos que envolvem Alia, serão contados, e faltam alguns mistérios para serem revelados e tudo isso não vai mudar o fato que Diana Prince, vai precisar enfrentar tudo isso longe de casa.
O que eu mais gostei na escrita da Leigh, foi como ela não tenta nos apresentar um mundo perfeito, no qual tudo é resolvido com mágica e, finalmente, todos serão felizes para sempre, como em histórias infantis.

Ela criou personagens fortes, com coragem e determinação. Que não pararam de lutar, nem mesmo quando o leitor pensava que já estava tudo acabado. Leigh fez como algumas de suas obras (na qual eu só li um), e colocou um plot durante a leitura. O que acabou me prendendo mais ainda na história.

Não podemos evitar a forma como nascemos ou o que somos. Mas podemos escolher o rumo de nossas vidas.

Foi uma leitura maravilhosa, em uns três dias a leitura já estava quase finalizada (fui lendo devagar, para não terminar). Uma história cheia de dramas, amizades e com um toque de romance, onde as personagens secundárias fizeram um diferencial enorme na trama.

Com toda certeza este livro está entre os melhores lançamentos do ano da Editora Arqueiro. E apenas para relembrar a você que eu já fi um post falando sobre a série e os próximos livros. 

Recomendo o livro para quem gosta do gênero YA. Quero apenas avisar para você, não entra de cabeça em um livro só porque outro leitor gostou, porque gênero é de leitor para leitor... é diferente!
As pessoas tendem a perder batalhas por não saberem que guerra estão lutando.

Resenha: Suicidas, do Raphael Montes


Opa!!! Hoje eu vim falar de um livro que me fez abrir a mente para ler outros do mesmo gênero: Suicidas do Raphael Montes, vale lembrar que é uma literatura brasileira ein? <3
 

Autor(a): Raphael Montes
Editora: Benvirá
Página: 478
Onde encontrar: Saraiva

 Sinopse:  Um porão, nove jovens e uma Magnum 608. O que poderia ter levado universitários da elite carioca – aparentemente sem problemas – a participar de uma roleta-russa? Um ano depois do trágico evento, que terminou e forma violenta e bizarramente misteriosa, uma nova pista, até então mantida em segredo pela polícia, ilumina o nebuloso caso. Sob o comando da delegada Diana Guimarães, as mães desses jovens são reunidas para tentar entender o que realmente aconteceu, e os motivos que levaram seus filhos a cometerem suicídio. Por meio da leitura das anotações feitas por um dos suicidas durante o fatídico episódio, as mães são submersas no turbilhão de momentos que culminaram na morte de seus filhos. A reunião se dá em clima de tensão absoluta, verdades são ditas sem a falsa piedade das máscaras sociais e, sorrateiramente, algo maior começa a se revelar.

Seguindo de O Vilarejo(depois posto resenha!!), Suicidas é a segunda obra desse mito que eu leio, para quem leu sabe, é um livro com um final genial que deixa todos que leem de boca aberta! Começa a ser interessante já pelo nome, pelo menos comigo foi assim, depois segui pra sinopse... quando vi já tinha se passado 16 horas e eu lendo hahahah fazia tempo que não passava a noite acordada lendo. A maneira que a pessoa fica presa a leitura! o número de páginas se torna pequeno.

É um livro que se divide em três partes: a vida de Ale antes,durante e depois da roleta russa. Desde sempre seu sonho era de ser escritor, e ele realmente estava disposto a dar sua vida para ter um lançamento de sua obra triunfal!!
Lucas, Maria João, Zak, Otto, Waleria, Ale, Dan, Ritinha e Noel. Os 9 que escolheram acabar com suas vidas. Cada um com um motivo diferente, que no decorrer da leitura você descobrirá.

 Esse livro vale muito a pena, eu compraria este livro, ( li por e-book) o final você fica tipo: UAUUUUUUU. Nuna que você imagina um final tão topper, eu amo esse autor e sempre vou defende-lo.
 Suicidas é um dos poucos livros da produção nacional que conseguiu me convencer. Indico para quem quiser se deliciar com uma boa história. 
Beijos, Raissa. 

Minha Listinha da loja A.craft

Fonte: @studylustre

Oi oi gente!!


Uma coisa que todo mundo ama é itens de papelaria. E quem AMA itens papelaria, deve conhecer ou já ouviu falar da loja A.Craft. Essa loja é na minha opinião a mais barata, e uma das únicas que você pode customizar do seu jeitinho.


Na Loja você encontra produtos para fazer criações e crafts, como colas, tintas, tecidos, fitas adesivas e muitas outras coisas para deixar qualquer crafter louca. Ah! Também damos sugestões de como utilizar cada produto.

░  Planner A.Craft – Capa rosa coral dandelion   (Link)
░  Pasta plástica com zíper   (Link)
░  Kit 8 washi tapes   (Link)
  Caneta pincel - Rosa – Sakura Koi Coloring Brush  (Link)
░  Caneta pincel - Verde– Sakura Koi Coloring Brush  (Link)
░  Planner A.Craft – Bloco caderno pontilhado  (Link)
░  Bloco segundo trimestre 2018 capa colorida   (Link)
░  Bloco quarto trimestre 2018 capa colorida   (Link)

Como estou dando uma olhada nas lojas como Aliexpress e algumas outras bem legais onde vendem itens legais de papelaria. 

Espero que tenham gostado das minhas escolhas, e que pelo menos ignorem essa tentativa falha de fazer uma montagem (kkkkkkkk).

Beijoss, e até a próxima!

Resenha: Amor Abstrato, da Daya Alves

Oi oi gente!

A resenha de hoje é do livro da autora parceiro do blog — Daya Alves. A autora tem outras obras como Estarei Aqui e alguns contos, porém, o livro que estou resenhando é a sua mais recente obra lançada pela editora Coerência.


Autora: Daya Alves
Páginas: 244
Ano: 2017
Editora: Coerência
Onde encontrar: Skoob
Marcados por traumas do passado, Jaque e Léo cresceram juntos, curando as feridas um do outro com a amizade típica de duas crianças. Eram diferentes em tudo. Ele, filho do patrão, e ela, filha da empregada. Com o passar dos anos, conforme Léo se tornava um típico bad boy que aproveita ao máximo cada segundo de sua existência, Jaque lutava contra as adversidades, confiante de que alcançaria seus objetivos.Suas escolhas os separaram, mas uma grande tragédia os uniu. E caberá a Jaque utilizar de todo o seu esforço para não deixar que Léo se perca de vez na escuridão que tomou conta de sua vida.Poderia a fé, o amor e a esperança, apaziguarem as dores da alma daquele que ela sempre amou em segredo? Jaqueline acredita que sim e embarcará nessa incrível jornada, lutando com as armas que conhece, para guiar seus passos de volta à felicidade.

Esse livro vai nos contar a história do Léo que é aquele tipico bad boy, que está sempre nos tabloides das revistas, por ser um filho de um cara muito rico, e que sempre está envolvido em problemas...


E também vai contar a história Jaqueline é a filha da governanta da família do Léo, porém, não tem vergonha de dizer que é filha da empregada — Ela tem é orgulho da mãe. Ela e sua mãe passaram por muitas coisas para estarem ali. Jaque finalmente terminou a faculdade de fisioterapia, que foi pago pelo chefe de sua mãe o Sr.Leônidas. 


O livro começar com Jaque e Léo na pista de dança da formatura dela. Léo nunca foi um cretino com Jaque, sempre a tratou como uma irmã/melhor amiga e isso não daria em outra coisa — paixão. Bom, enquanto estavam dançando no salão de baile, Léo acaba beijando Jaque. Ele acaba levando um choque de realidade quando percebe que está beijando a garota que cresceu com ele, e que ele nunca olhou com "outros olhos" além de amizade. Foi quando ele larga Jaque no meio do salão (sozinha) e vai embora....

Momentos depois a mãe de Jaque recebe uma ligação de um Hospital, informando que Leônidas Junior — o Léo, sofreu um acidente grave e está a beira da morte. 
Pela primeira vez em minha vida, pude experimentar um tipo de amor que eu nem ousava imaginar que existia, porém, no dia seguinte, você escapou de minhas mãos, sem nem ao menos eu saber o motivo. Me senti um lixo, aleijado e descartável.
Quando Léo acorda percebe que está paraplégico e tudo por causa do pai (como assim?, deixa eu explicar). Bom, no momento em que Léo estava em coma, por causa do acidente, o Sr.Leônidas acionou os seus advogados para fazer uma transferência do filho para um Hospital particular, o mais rápido possível. O que acabou piorando o estado de saúde do Léo, que durante o acidente bateu a coluna.


Na segunda parte do livro acompanhamos Léo e Jaque nessa sua nova rotina, passando por medos e inseguranças, conhecendo gente nova e descobrindo que apesar das dificuldades, no fim tudo pode dar certo.

O livro vai te surpreender que o livro não vai contar apenas a tragédia de vida do Léo e da Jaque. Você vai conhecer a história da Mãe da Jaque e o que levou elas ali. O que aconteceu por trás do acidente do Léo, que depois descobrimos que foi intencionado por alguém...

Amor Abstrato é um livro que envolve esperança, fé, amor, segredos e acima de tudo superação. Um livro que conta mais do que uma simples história, conta trajetórias de vida que foram entrelaçadas pelo destino.

— Mas que tipo de amor é esse que abandona o outro quando ele mais precisa?   — É um amor que entende que cada pessoa precisa se amar primeiro para poder dar o melhor de si mesmo.
 — Para mim, isso é como um quadro que todo mundo admira, mas ninguém entende. Esse tipo de Amor Abstrato que você me está oferecendo eu não quero!         — É só o que eu tenho a oferecer no momento.


Os personagens e antagonistas foram bens construídos e inseridos na trama de uma forma maravilhosa. Não me senti perdida quando a Daya mudava de narrador em alguns capítulos. O livro tem uma ótima diagramação, com frases do livro O Pequeno Príncipe, que em certos momentos durante a leitura nos fazia refletir.

A música tocara a alma de Jaque, fazendo-a entender a forma como Léo se sentia. Ele ainda se culpava por seus erros, e talvez nunca se perdoasse de fato. Ambos tinham feridas na alma, mas, acima de tudo, agora tinham um ao outro.

A autora se superou nesse livro, porque diferente das suas outras obras, essa tem mais drama, emoção e conta com uma carga emocional muito grande. Eu não fiquei com ressaca literária, porém, fiquei um pouco chateada com o final, esperava mais dos personagens. Nada que prejudicou com a minha opinião, mas eu queria que algumas coisas tivessem sido diferente.


Mas posso garantir para você que ainda não leu, que é um livro surpreendente, cheio de amor e sentimento em cada linha.

Espero que tenham gostado da resenha, e não se esqueçam de comentar!

Beijoss, e até a próxima.

Resenha: Três coisas sobre você, da Julie Buxbaum


Oi gente !!!! 
Estou aqui de volta pra falar sobre: Três coisas sobre você. 



Autor(a): Julie Buxbaum
Editora: Arqueiro
Página: 288
Onde encontrar: Saraiva
Sinopse: Setecentos e trinta e três dias depois da morte da minha mãe, 45 dias após o meu pai fugir para se encontrar com uma estranha que ele conheceu pela internet, 30 dias depois de a gente se mudar para a Califórnia e apenas sete dias após começar o primeiro ano do ensino médio numa escola nova onde conheço aproximadamente ninguém, chega um e-mail. Deveria ser no mínimo esquisito, uma mensagem anônima aparecer do nada na minha caixa de entrada, assinada com o bizarro nome Alguém Ninguém. Só que nos últimos tempos a minha vida tem estado tão irreconhecível que nada mais parece chocante...
Bom, esse livro é daqueles que te conquista pela capa sabe? toda fofinea e rosinha me chamou atenção logo. No inicio não sabia do que se tratava mas no decorrer da história você descobre que: 
(1) Jessie Holmes com apenas 16 anos de idade perdeu sua mãe para o câncer.
(2) Seu pai conhece uma mulher (rica) pela internet, se apaixona, se casa e se muda com a filha pra casa dela.
(3) Na escola nova, Jessie conhece ninguém, é rejeitada, mas depois um tal de Alguém ninguém começa mandar umas mensagens anonimas pra ela :0 

E ai que a história começa a se desenvolver.. Se você está numa ressaca literária daquelas, este é um bom livro pra recomeçar. Com a mudança, Jessie sente muita falta da sua melhor amiga, a Scarlat, ela era seu braço direito na vida, ela começa a sofre bulling, mas depois ela conheçe a Adriana, uma nova amizade surge. Ai as mensagens começam a surgir.....

"Tenho observado você no colégio. não de modo doentio, mas agora me pergunto: será que o simples fato de eu ter usado a palavra “doentio”, por definição, me torna doentio? de qualquer forma, acontece que... você me intriga. já deve ter notado que a nossa escola é um mundo vasto de Barbies e Kens, quase todos louros e de olhos vazios, e alguma coisa em você – no seu jeito de andar, falar e na verdade não falar, apenas observar a todos nós como se fizéssemos parte de um documentário bizarro do National Geographic – me faz pensar que você pode ser diferente de todos os idiotas da escola."
 Confesso que fiquei muito curiosa pra descobrir quem era, isso faz com que o livro te prenda.... bem, passou até pela minha cabeça que seria o filho da Rachel, rs. ( madastra dela, tinha um filho, o Theo)

"Eu fico com vontade de saber o que se passa nessa sua cabeça. vou ser sincero: não costumo me interessar pelo que há na cabeça dos outros. a minha já dá trabalho suficiente. O objetivo deste e-mail é oferecer meus conhecimentos. desculpe ser o portador de más notícias: não é fácil se orientar nos territórios ermos do colégio Wood Valley. o lugar pode parecer caloroso e receptivo, com a ioga, a meditação, os cantinhos de leitura e o carrinho de café (desculpe: o Karrinho de Kafé), mas, como todos os outros colégios do ensino médio (ou de um jeito até pior), é uma droga de uma zona de guerra.
por isso me ofereço como o seu guia espiritual virtual. sinta-se livre para fazer qualquer pergunta (a não ser, claro, sobre a minha identidade), e vou me esforçar ao máximo para responder a você: com quem fazer amizade (lista curta), de quem manter distância (lista maior), por que não se deve comer o hambúrguer vegetariano do refeitório (longa história, você nem vai querer saber), como tirar 10 na prova da Sra. Stewart e por que você nunca deve se sentar perto do Ken Abernathy (problema de flatulência). ah, e tenha cuidado na aula de educação física. o Sr. Shackleman faz todas as garotas bonitas darem voltas extras pela quadra para poder olhar a bunda delas.

parece informação suficiente por enquanto.
e, só para constar, bem-vinda à selva."

 Depois desse e-mail, vinheram mais outros. Até se tornar uma amizade firme, o livro em si  se passa pelas trocas de e-mails dele, e eles geralmente citam 3 coisas sobre eles de determinado assunto para que eles se conheçam melhor, eu li algumas resenhas do livro, alguns conseguiram descobrir quem era o alguém ninguém, outros como eu (hahah) só no final!! Eu indico esse livro:
(1) por ser um livro pequeno e leve de ler
(2) pra te tirar de uma ressaca literária, (vá por mim)
(3) pela história em si, porque a Jessie passou por muitos problemas, considerando que ela é adolescente.





Um beijo espero que tenham gostado!

Book Review: Trago seu amor de volta sem pedir nada em troca, do Ique Carvalho


Oi oi gente!

Hoje eu trouxe mais um book Review do livro mais bonito que eu já li.  Trago Seu Amor de Volta Sem Pedir Nada em Troca, do Ique Carvalho. O autor já escreveu outros livros como Muito Amor, Por Favor – Um Sentimento Em Quatro Elementos e também escreveu Faça Amor, Não Faça Jogo

Autor: Ique Carvalho
Páginas: 240
Ano: 2017
Editora: Sextante
Onde encontrar: Skoob  |  Amazon  |  Leia um trecho
A vida de Ique Carvalho era tranquila e parecida com a de muitos jovens de Belo Horizonte, sua cidade natal. Ele morava com os pais e os irmãos, era apaixonado pela namorada e trabalhava na agência de publicidade da qual era sócio. Suas impressões sobre o cotidiano iam para o blog The Love Code, onde podia dar vazão ao seu talento para escrever. Até que, em 2013, dois fatos fizeram tudo virar de ponta-cabeça.
Na mesma semana, seu namoro teve um fim traumático e o pai recebeu o diagnóstico de uma doença degenerativa grave, que o mataria aos poucos. Sem chão e em meio a um turbilhão, foi no blog que encontrou refúgio para expressar seus sentimentos.
Os textos fortes e genuínos acabaram viralizando, popularizando o site e dando a Ique milhares de fãs e seguidores. Suas palavras possuem o incrível dom de ser, ao mesmo tempo, simples e profundamente verdadeiras, traduzindo o que há de mais puro e desejável no amor.
Essa mesma capacidade de causar impacto e despertar as emoções dos leitores permeia as reflexões tocantes de Trago seu amor de volta, seu aguardado segundo livro solo. Ique mais uma vez demonstra sua vocação única como cronista do amor em todas as suas expressões.
 
O livro conta a história do próprio autor Ique e do seu pai. Que após o termino de um namoro, ele fica arrasado e pede conselhos ao seu Pai. Logo mas, Ique e sua família recebem a noticia de que sei querido pai está com uma doença degenerativa, e que o Pai dele não vai viver muito.

Durante o decorrer da leitura, você vai acabar se apaixonando e percebendo que o Amor não é algo que tem explicação ou pode ser descrito em algumas palavras, Amor é algo que nós demonstramos, que sentimos e que vemos nos mínimos detalhes do dia-a-dia.


O amor é isto: cuidar do outro sem que ele perceba.


Trago Seu Amor de Volta Sem Pedir Nada em Troca, já foi resenhado aqui no blog. E tem mais detalhes do livro lá também.


O que torna cada um especial é ser diferente, não igual.




A narrativa do livro ocorre de maneira rápida, pois os textos são curtos assim como o a história que encontramos do autor e seu Pai. A forma como tudo é descrito e contado, nos incentiva a continuar. 
É impossível largar o livro antes que a história acabe...

Super recomendo a leitura para todos, você que gosta de textos e histórias (autobiografias), vai amar o livro. A editora Sextante caprichou na edição do livro, e fez uma capa com relevo, folhas com ilustrações e quotes ressaltados do próprio livro. 
Como eu já citei lá em cima, esse post é uma breve descrição do livro, pois, eu já resenhei o livro aqui no blog!

Então, é isso gente!
Espero que tenha gostado, e que tenham um ótimo Natal!

Um New Adult por Mês | Dezembro

Oi oi gente!

O projeto Um New Adult por Mês, chega ao fim com um tema bem simples e fácil para todos...

Bom, o projeto foi uma iniciativa da Mônica do Leitora Cretina e minha —  Alice. Que somos duas leitoras que amam New Adult, e sempre está indicando nos blogs.

Scrapbook | Dezembro

Oi oi gente!

Durante dois meses as meninas e eu ficamos sem postar as fotos do projeto Scrapbook. E como estávamos chegando no ultimo mês do ano (óbvio), que não poderíamos deixar de postar as fotos para finalizar o ano.

Para você querido leitor, que chegou aqui e não esta entendendo nada. O projeto tem como base o 6 on 6, onde um grupo de 6 meninas se reúnem para postar fotos aleatórias em seus respectivos blogs. Todo mês será um tema diferente, mas todas as postagens serão feitas no mesmo dia. No scrapbook são 6 meninas, com 7 fotos, todo dia 8!

Esse mês de Dezembro, não temos um tema especifico, queríamos apenas juntar Férias + Natal. Então, esse mês serão fotos que vão refletir o resto do mês.







•  Esse mês eu tenho que ler pelo menos 6 livros dos que ganhei. Faz semanas que pretendia fazer isso, mas não podia por causa dos estudos.

•  Vou tirar mais fotos minhas para o perfil do blog. Não consigo tirar um foto legal sequer (deprimente)

•  Gente, eu comecei a ler a série Os Bridgertons. Eu vou ler até o livro 5 esse mês...

•  Bom, como eu já citei acima eu comecei a ler a série mais famosa da Julia Quinn. Então, decidi reler os outros livros dela, porque antes eu não do que sei agora. 

•  Gente, esse mês eu prometo parar de mudar os banners do blog. Ainda estou escolhendo qual é o melhor e isso é bem cansativo. Porém, em Janeiro o blog vai estar de visual novo e único também. Espero que gostem... 

•  Começar a ouvir as playlist que tem nos livros que eu li. Esse ano eu li 7 livros com playlist, e adivinha quantas vezes eu fui ouvir as indicações dos autores? 
Exato, nenhuma vez.

•  Estou vendo que esse mês de férias e de festas de final de ano, a única coisa que vou fazer é ler. Então, caso você não passe aqui mais, ou esqueça de seguir o blog. Quero dizer que eu desejo um Feliz Natal e um ótimo (Que ele seja muito ProsperoAno Novo, Beijos!

Conheça as meninas que estão participando:

Galáxia dos Desejos - Mari
Leitora Cretina - Mônica
Livros que li - Amanda
Enjoy Books - Alice
Páginas Incríveis - Júlia


Beijoss, e até a próxima!


O cheiro de livros me dá as boas-vindas imediatamente e eu me sinto em casa. Pode me chamar de Alice, tenho 22 anos (com carinha de 15). sou uma estudante de publicidade eclética e hiperativa de 6h às 18h. Aqui você vai encontrar de tudo um pouco.

Busca

Facebook

Seguidores

Arquivos

Editoras Parceiras 2019

Tecnologia do Blogger.