Meu canal

Resenha: Nove Regras a Ignorar Antes de se Apaixonar ~ Os Números do Amor #1

Gente antes de começar, eu quero explicar que vou resenhar falando dos dois personagens e o ponto de vista dos dois. Por que o livro conta a história de Gabriel, mas a Callie roubou a cena.

Editora: Arqueiro (Livro cedido para resenha)  ♥   Gênero: Romance de Época  ♥   Páginas: 288   ♥   Skoob  


A sonhadora Calpúrnia Hartwell sempre fez tudo exatamente como se espera de uma dama. Ainda assim, dez anos depois de ser apresentada à sociedade, ela continua solteira e assistindo sentada enquanto as jovens se divertem nos bailes. Callie trocaria qualquer coisa por uma vida de prazeres. E por que não se arriscar se, aos 28 anos, ela já passou da idade de procurar o príncipe encantado, nunca foi uma beldade e sua reputação já não lhe fará a menor diferença? Sem nada a perder, a moça resolve listar as nove regras sociais que mais deseja quebrar, como beijar alguém apaixonadamente, fumar charuto, beber uísque, jogar em um clube para cavalheiros e dançar todas as músicas de um baile. E depois começa a quebrá-las de fato. Mas desafiar as convenções pode ser muito mais interessante em boa companhia, principalmente se for uma que saiba tudo sobre quebrar regras. E quem melhor que Gabriel St. John, o marquês de Ralston, para acompanhá-la? Afinal, além de charmoso e devastadoramente lindo, ele é um dos mais notórios libertinos de Londres. Contudo, passar tanto tempo na companhia dele pode ser perigoso. Há anos Callie sonha com Gabriel e, se não tiver cuidado, pode acabar quebrando a regra mais importante de todas – a que diz que aqueles que buscam o prazer não devem se apaixonar perdidamente.
Calpúrnia Hatwell debutou quando tinha 18 anos, mas infelizmente por causa de seu "peso" não chamou a atenção de nenhum solteiro de Londres, e com isso não foi tirada para dançar. Decepcionada ela fugiu para o jardim e acabou na companhia do Marquês de Ralston que foi um cavaleiro e elogiou o seu nome dizendo que ela não deveria ter vergonha de ser o que ela é e o seu nome é lindo. 


Calpúrnia foi imperatriz de Roma, era forte, linda e mais inteligente do que os homens à sua volta. É um nome maravilhoso.

Ser solteira nos dias de hoje é completamente normal. Mas para Calpúrnia e a sociedade Londrina isso não é nada bom. Ainda por cima quando você tem 28 anos e sua irmã mais nova está se casando com um Duque. 

O livro é ambientado em Londres e se passa durante o Século XIX - onde todas as moças deveriam ser "Belas, Recatadas e do Lar". A nossa protagonista tem uma reputação que é de dar inveja a muitas moças da sua idade. Mas apenas ter uma reputação impecável não conta para ser pedida em casamento, ou até mesmo ser tirada para dançar. 

Bem, com o casamento de Mariana (sua irmã mais nova), Callie acabou recebendo alguns comentários maldosos de sua família. 

- Uma tragédia, não acha? Quem poderia imaginar? Com o seu dote, ninguém esperaria que nunca se casasse. [...] Mas antes que Callie pudesse responder, sua tia continuou:  - E agora na sua idade, podemos perder as esperanças. É praticamente impossível imaginar alguém pedindo sua mão. A não ser, claro, que seja um senhor mais velho, à procura de companhia no final da vida. Talvez isso possa acontecer.

Embora Callie ame a sua irmã e também esteja congratulando por causa do noivado, isso acabou sendo o ápice da humilhação. E após fugir da festa e se esconder com o Conde de Alendale (Benedick seu irmão mais velho ♥), Callie acaba tendo uma conversa com ele e decide se arriscar a fazer coisas que apenas homens são permitidos a fazer. Ela cria uma lista proibida.
E o primeiro item da lista ela vai cumprir naquela noite (♥). Ela vai beijar Gabriel grande amor de adolescência. 

Gabriel St.John, ou  como é conhecido o Marquês de Ralston. É o maior libertino de Londres, e ele gosta da fama de canalha pois até o momento não fez nada para mudar isso. Mas após descobrir que sua mãe teve uma filha na Itália depois de fugir de Londres e ter os abandonado ainda crianças ele e seu irmão. Ele pretendo cuidar da sua irmã Juliana e quer apresenta-lá a alta sociedade londrina. E com isso ele decide mudar a sua fama de libertino para ajuda-lá.
– Este não foi o beijo que veio buscar – falou Gabriel. 
– Ora, bem. Foi bastante agradável. Acho que estou muito satisfeita. 
– Bastante agradável não deveria ser o que está procurando. Nem o beijo deveria deixá-la satisfeita. 
Então ele a beijou. De verdade. Puxou-a contra si e pressionou a boca na dela, possuindo-a, tomando-a de uma forma que Callie nunca poderia ter imaginado. Foi como se ele lesse seus pensamentos e, quando ela não podia aguentar nem mais um instante, abraçou-a mais apertado e aprofundou o beijo, mudando a pressão.
E ela se perdeu. De repente, estava em chamas. Gabriel tinha razão. Este era o beijo pelo qual tinha vindo. Quando ele falou, seus lábios se curvaram junto à orelha dela, a respiração áspera transformando as palavras mais em um afago do que um som. 
– Beijos não devem deixá-la satisfeita. Eles devem deixá-la querendo mais.
Com a criação da lista Callie parece ter descoberto uma coragem e determinação que nem ela sabia que possuía. Gabriel ajuda Callie a cumprir alguns itens da sua lista, mas em troca ela terá que ajudar Juliana a se adaptar a Londres. Já que ele pretende apresenta-la a alta Sociedade.

O que era para ser uma aventura e distração acabou se transformando em algo mais intenso para os dois. Se Callie e Gabriel não tiverem cuidado podem acabar quebrando a regra mais importante de todas – a que diz que aqueles que buscam o prazer não devem se apaixonar perdidamente.

A maneira que a história é contada me conquistou, não há grandes dramas ou reviravoltas, mas desse jeito nós percebemos os pequenos detalhes, e isso torna alguns trechos muito especiais. O livro é contado em terceira pessoa, dando melhor visão do que todos personagens pensam e sentem um pelo outro.
A história se desenvolve de maneira natural, comparada aos livros do gênero, e outros livros dessa autora, mas para mim isso trás mais realidade ao livro. O livro abordou fatos da sociedade daquela época que são ótimos para pessoas que não conheciam.


Sabe aquele livro que você não consegue largar nenhum segundo e vai lendo até perder a hora, por estar louca para descobrir o final? Então eu lhes apresento a série Os números do Amor,  simplesmente me apaixonei pelo jeito da Sarah MacLean e do humor dela. Esse livro tem uma pitada de humor incrível.

Nove Regras a Ignorar Antes de Se Apaixonar é o primeiro livro da série Os Números do Amor. Já foi publicado o segundo livro e Dez Formas de Fazer um Coração se Derreter e como esse livro também tem regras, mas nós as encontramos em uma revista chamada Pérolas e Peliças.

Espero que tenham gostado da resenha, eu falei dos dois personagens separadamente.

Comentários

  1. Oi, Alice!
    Eu gostei muito desse livro e do seguinte. Ansiosa pelo da Juliana
    Eu queria que o Benedick tivesse um livro também.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção 5 Anos de Além da Contracapa
    Participe da promoção Halloween Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu,
      Eu também queria que tivesse um livro sobre o Benedick ♥
      Que bom que gostou do livro, e espero que goste da leitura.

      Beijoss

      Excluir
  2. Oi Alice, tudo bem?

    Eu adoro a Sarah Maclean e 9 regras é um dos meus preferidos do gênero! É realmente uma leitura super envolvente! <3 Amei os trechos selecionados e as fotos!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querida,
      Simm, ela se tornou a minha autora referida do gênero. A leitura começa a te envolver e não deixa você largar o livro ♥

      Obrigada querida ♥

      Excluir
  3. OI Lissa
    Li primeiro a sua resenha do livro dois e vim conferir a do primeiro
    Adorei tbe!
    Estou doida pra ler.
    Adoro quando os personagens alteram na narração da estória, fica muito bom!
    Bjs

    www.maeliteratura.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Form for Contact Page (Do not remove)