Meu canal

Resenha: Acácia dos meus quintais e outros contos mais, de Francisco Paiva de Carvalho

"Uma obra sincera e tocante, que me deixou emocionada a cada virada de página. Espero que todos tenham a oportunidade de ler Acácia dos meus quintais, assim como eu tive. Essa leitura com toda certeza mudou algo em mim. "
Gênero: Contos
Editora: Penalux
Ano: 2020
Páginas: 102
Onde encontrar: Link
Acácia dos meus quintais e outros contos mais promove um encontro de sensações, dos grandes dramas da vida e do tempo. Os 13 contos de Francisco Carvalho apresentam personagens envolvidos em dramas de variadas gradações, com desconfortos entre existir na máxima potência e lidar com os pequenos desvios da vida, sempre querendo nos empurrar para fora, para longe. São sentimentos e paisagens, interiores e horizontes. As tensões de Acácia dos meus quintais e outros contos mais expõem um conjunto de belezas, a literatura como descanso, como motor lírico. Os personagens de Francisco Carvalho buscam a estabilidade, o equilíbrio, seja pelo amor, pela fé no divino, pela aproximação sacra de afetos. É que a vida, nos diz Acácia dos meus quintais e outros contos mais, a vida também é o canto triste dos pássaros e a mãe afagando o rosto da filha.
Acácia dos meus quintais é livro do autor mineiro Francisco Paiva de Carvalho, lançado pela editora Penalux, e é uma obra muito bem escrita. As histórias são curtas, o que deixa a leitura bem rápida, porém, vale ressaltar que tem alguns contos com um toque de melancolia ou acontecimentos marcantes – um livro recheado de contos que retrata o cotidiano de famílias.

A escrita do autor é tocante, levando a rápida imersão do leitor na história contada no momento. Sem deixar de mencionar que em cada conto encontramos uma emoção e sensação diferente, nos fazendo refletir sobre a vida dentro e fora do campo. Nos 13 contos que li no livro, 8 fizeram eu refletir sobre como estou levando a minha vida. Sei que parece bobagem, mas chorei e dei risadas em diversos momentos, querendo sempre ter alguém com quem conversar após a leitura.

“Há duas formas para viver a sua vida: uma é acreditar que não existe milagre; a outra é acreditar que todas as coisas são um milagre.  (Albert Einstein)”

” – As pessoas precisavam ter sempre em mente que o tempo é de um valor imensurável, que não há dinheiro no mundo capaz de trazê-lo de volta; que o tempo dos outros não nos pertence… Nunca poderiam se esquecer disso!”

O livro é bem fininho e não posso contar muito se não estraga a leitura. Mas posso te indicar de olhos fechados a obra que se tornou uma das minhas favoritas do ano. Essa obra não foi a minha primeira do autor, tendo a resenha de outras duas aqui no blog.

"Depois de nos despedimos, com o coração cheio de alegria, agradeci a Deus e retomei a viagem, ansioso por rever minha esposa e compartilhar com ela a maior epopeia de toda minha vida de caminhoneiro."


Espero que tenham gostado da resenha, me contem nos comentários o que acharam da obra e se já leram algo do autor.

Beijoss, e até a próxima!! 

Comentários

Form for Contact Page (Do not remove)